Barcelos Rock City

Último Podcast (18 Nov 2017)

Clica para ouvir

Entrevista com Happy Farm

Happy Farm

Entrevista com Grog

Grog

Entrevista com Galo Cant'às Duas

Galo Cant'às Duas

Entrevista com =Mocho=

Mocho

Emissão em Direto (Sádado 12-15)

Clica para ouvir

Os Ah-Doc (não, não é gralha) eram quatro rapazes de 16 anos: Xe (bateria), Pedro (guitarra), André (guitarra) e Miguel (baixo e voz). Em 1992 participaram na 1ª edição do concurso de música moderna de Vila Verde, de nome Rock Viridi, e ganharam.

Ah-Doc

Em boa verdade, este foi o big bang da cena barcelense, se bem que ninguém o adivinhasse na altura. Os Ah-Doc começaram a tocar com mais regularidade em vários locais das redondezas e há memória de um concerto com os também barcelenses Ribanceira, numa discoteca em Viana do Castelo. A verdade é que algum tempo mais tarde começava o “Sinfonias de Aço” e começava a ser urgente rodar som de Barcelos. Como quem não tem cão caça com gato, os Ah-Doc gravaram 4 temas na sala de ensaios de uma grupo de baile em Tamel S. Veríssimo, às portas da cidade e num abrir e fechar de olhos, em take directo, com som do amigo comum Rui Vicente. Foi gravar, pegar na cassete e levar para o programa porque nem valia a pena pensar em produções profissionais, uma vez que não havia estúdios perto e muito menos dinheiro em 4 carteiras de adolescentes.
Esta demo que aqui vos trago tocou imenso no programa e mostrou a banda a todo um público novo. Os concertos sucederam-se com mais regularidade, dentro e fora da cidade, até o Jorge substituir o Xe na bateria. O Xe viria depois a substituir o Pedro Cabral noutra banda teen da cidade: os Dilema, de Filipe Miranda, que então era rapaz para os seus 13 anos.
Os Ah-Doc teriam uma fase intensa de concertos, viriam a gravar outra demo nos estúdios Euterpe, na Vila das Aves, e participaram numa colectânea em CD de uma editora de Tomar, a In-Édita, até se desmembrarem pouco tempo depois, para renascer das cinzas num projecto radicalmente diferente e muitíssimo mais maduro: Angelica’s Mercy.
Esta demo que aqui trago é talvez um dos tesouros mais valiosos da cena barcelense: por ser raríssima, peça única ou muito perto disso, por ter sido a primeira, por ter sido gravada como foi e pelas portas que abriu, sendo a primeira a tocar em rádio. Se no outro prato da balança colocarmos a falta de qualidade técnica e artística e a inocência da banda, aposto que a balança nem se mexe.

Temas na demo:
1. Chuva (2:59)
2. Ó Retrato da Morte (3:33)
3. Vida de Cão (3:07)
4. Cansado (3:58)

Share

Parcerias

 
A Trompa NAAM  

Parcerias Software Livre Audio

 
Rivendell - Radio Automation Mixxx - Free DJ Mixing Software Paravel Systems Tryphon