Barcelos Rock City

Último Podcast (23 Set 2017)

Clica para ouvir

Entrevista com Grog

Grog

Entrevista com Galo Cant'às Duas

Galo Cant'às Duas

Entrevista com =Mocho=

Mocho

Entrevista com Stone Dead

Stone Dead

Emissão em Direto (Sádado 12-15)

Clica para ouvir

Os Ah-Doc (não, não é gralha) eram quatro rapazes de 16 anos: Xe (bateria), Pedro (guitarra), André (guitarra) e Miguel (baixo e voz). Em 1992 participaram na 1ª edição do concurso de música moderna de Vila Verde, de nome Rock Viridi, e ganharam.

Ah-Doc

Em boa verdade, este foi o big bang da cena barcelense, se bem que ninguém o adivinhasse na altura. Os Ah-Doc começaram a tocar com mais regularidade em vários locais das redondezas e há memória de um concerto com os também barcelenses Ribanceira, numa discoteca em Viana do Castelo. A verdade é que algum tempo mais tarde começava o “Sinfonias de Aço” e começava a ser urgente rodar som de Barcelos. Como quem não tem cão caça com gato, os Ah-Doc gravaram 4 temas na sala de ensaios de uma grupo de baile em Tamel S. Veríssimo, às portas da cidade e num abrir e fechar de olhos, em take directo, com som do amigo comum Rui Vicente. Foi gravar, pegar na cassete e levar para o programa porque nem valia a pena pensar em produções profissionais, uma vez que não havia estúdios perto e muito menos dinheiro em 4 carteiras de adolescentes.
Esta demo que aqui vos trago tocou imenso no programa e mostrou a banda a todo um público novo. Os concertos sucederam-se com mais regularidade, dentro e fora da cidade, até o Jorge substituir o Xe na bateria. O Xe viria depois a substituir o Pedro Cabral noutra banda teen da cidade: os Dilema, de Filipe Miranda, que então era rapaz para os seus 13 anos.
Os Ah-Doc teriam uma fase intensa de concertos, viriam a gravar outra demo nos estúdios Euterpe, na Vila das Aves, e participaram numa colectânea em CD de uma editora de Tomar, a In-Édita, até se desmembrarem pouco tempo depois, para renascer das cinzas num projecto radicalmente diferente e muitíssimo mais maduro: Angelica’s Mercy.
Esta demo que aqui trago é talvez um dos tesouros mais valiosos da cena barcelense: por ser raríssima, peça única ou muito perto disso, por ter sido a primeira, por ter sido gravada como foi e pelas portas que abriu, sendo a primeira a tocar em rádio. Se no outro prato da balança colocarmos a falta de qualidade técnica e artística e a inocência da banda, aposto que a balança nem se mexe.

Temas na demo:
1. Chuva (2:59)
2. Ó Retrato da Morte (3:33)
3. Vida de Cão (3:07)
4. Cansado (3:58)

Share

Parcerias

 
A Trompa NAAM  

Parcerias Software Livre Audio

 
Rivendell - Radio Automation Mixxx - Free DJ Mixing Software Paravel Systems Tryphon