Barcelos Rock City

Último Podcast (23 Set 2017)

Clica para ouvir

Entrevista com Grog

Grog

Entrevista com Galo Cant'às Duas

Galo Cant'às Duas

Entrevista com =Mocho=

Mocho

Entrevista com Stone Dead

Stone Dead

Emissão em Direto (Sádado 12-15)

Clica para ouvir

Barcelos - Rock City

É um dos tesouros quase perdidos da música barcelense, este primeiro trabalho dos Kafka, datado de 1997. Até porque ele marca também a cena barcelense da década de ’90, caracterizada por uma estética densa e sombria.

É, muito provavelmente, um registo único dos Angelica’s Mercy ao vivo, aqui na 1ª Mostra de Música Moderna de Felgueiras. Aconteceu em Airães (Felgueiras) a 13 de Maio de 1995 e, para além da banda que hoje vos trago, tocaram ainda os Birds Scream (Felgueiras), Sadcow (Porto) e The Melancholic Youth Of Jesus (Porto).

Muita gente desejava ardentemente conhecer esta menina e então aí está: a demo raríssima dos barcelenses Weird Nox, intitulada “Urban Deserts”.
A banda formou-se em Outubro de 1998 e chamavam-se então Weird Nox Despodency.

Os Spin Youth são um dos projectos mais desconhecidos do legado barcelense da década de ’90. Na verdade, nem se sabe muito bem se eles chegaram mesmo a existir como banda ou se foram simplesmente um embrião.

Os Leitmotiv encaixavam que nem uma peça de lego na cena underground barcelense da década de ’90, sempre caracterizada pelo som sombrio e frio.
Este trabalho, em cassete, é um produto caseiro, gravado no início de 1997, em casa de Mariano Dias e sala de ensaios dos The Astonishing Urbana Fall.

Muito antes de haver uma “cena” barcelense, na altura em que muitos pais dos actuais jovens músicos barcelenses ainda namoravam, já Jorge Lomba era um homem dedicado à música e havia rumado a Lisboa para aí iniciar uma carreira profissional nessa área.

Os punks barcelenses Azia deram o último concerto a 22 de Maio de 2010, no Auditório da Biblioteca Municipal de Barcelos, aquando da apresentação do primeiro documentário do rock barcelense, de nome “Cock And Roll”.

Trago mais um tesouro esquecido da cena barcelense: a primeira demo dos NineOut, de nome “Soundtrap”, datada de 2000. Banda então formada por Sérgio “Sheoul” (voz e guitarra), Tilita (guitarra), Vitor “Jesus” (baixo), Jó (bateria) e Kajó (Dj + samples).

Os Ah-Doc (não, não é gralha) eram quatro rapazes de 16 anos: Xe (bateria), Pedro (guitarra), André (guitarra) e Miguel (baixo e voz). Em 1992 participaram na 1ª edição do concurso de música moderna de Vila Verde, de nome Rock Viridi, e ganharam.

Já lá vão 15 anos desde que os muito activos Oratory gravaram a 1ª demo, intitulada “Enchantation”. Foi em Viana do Castelo e contou com o produtor Paulo Miranda. Esta era uma fase em que a banda dava alguns concertos regularmente e precisava urgentemente de um registo numa espécie de cartão de visita.

Os barcelenses The Ransack voltaram a tocar na sua cidade, dez anos e três álbuns depois. Foi na segunda noite do Power Leaks, promovido pela Associação Rock na Barragem (que organiza o Cellos Rock) e teve lugar no centro da cidade, no auditório do Círculo Católico de Operário de Barcelos que registou duas enchentes em dois dias, no fim-de-semana de 11 e 12 de Fevereiro.

Parcerias

 
A Trompa NAAM  

Parcerias Software Livre Audio

 
Rivendell - Radio Automation Mixxx - Free DJ Mixing Software Paravel Systems Tryphon