Ordem cronológica em blogue

Último Podcast (17 Fev 2018)

Clica para ouvir

Entrevista com Vaarwell

Vaarwell

Entrevista com Ganso

Ganso

Entrevista com Ana Deus

Ana Deus

Entrevista: Waste Disposal Machine

Waste Disposal Machine

Emissão em Direto (Sádado 12-15)

Clica para ouvir

Há sensivelmante um ano os barcelenses Indignu editaram o mais recente álbum, "Odyssea". Ora, este era talvez o timming ideal para os entrevistar e desta vez a banda completa. Os 5 elementos dos Indignu estiveram à conversa com o "Sinfonias de Aço", pouco tempo depois de terem feito uma digressão por Espanha, França e Bélgica, onde tocaram no famoso Dunk Festival.E esta era provavelmente a altura ideal para eles nos fazerem um balanço desta presença por outras paragens, particularmente na Bélgica, onde a banda deixou boas memórias e também trouxe outras para cá. Algumas eles fizeram questão de nos contar e foi por aí mesmo que a conversa começou.

Rui Carvalho é o Filho da Mãe, o homem que recentemente lançou "Cabeça", o seu 2º álbum com este conceito. Esteve recentemente em Barcelos num dos concertops de promoção a este trabalho, numa organização da Zoom e teve lugar na Casazul, na Rua Barjona de Freitas, mesmo no centro da cidade e numa matiné de domingo. E desenganem-se aqueles que possam achar que este lisboeta visitou Barcelos pela primeira vez. Convém lembrar que, enquanto Filho da Mãe, ou como guitarrista de If Lucy Fell, ele já nos visitou por várias vezes.

No passado dia 7 de Dezembro o projecto barcelense Homem em Catarse apresentou-se pela primeira vez ao vivo na sua cidade. Aconteceu no auditório NAA, numa das noites do festival NAA e que juntou ainda MFFM e Daily Misconceptions. Já depois de quase toda a gente arrumar as trouxas e quando estava tudo numa cavaqueira, também o Sinfonias de Aço conversou com o Afonso Dorido - ou, se preferirem, o Homem em Catarse.

Já passava da meia noite quando o Sinfonias de Aço se abeirou da sala de ensaios nº 6 do estádio 1º de Maio, em Braga. À nossa espera, e após mais um ensaio, estavam 3 dos elementos dos bracarenses Hawks n'Hounds. Objectivo: uma pequena conversa sobre a banda e sobre o EP de estreia, lançado em 2013.

Os Torto são um trio instrumental constituído por Jorge Coelho, Jorge Queijo e Miguel Ramos.
Oriundos do Porto, estiveram há pouquíssimo tempo na cidade de Barcelos para um concerto integrado no Festival NAA que decorreu por cá. Foi no Círculo Católico de Operários de Barcelos (CCOB) e no final do concerto - que juntou ainda em palco os barcelenses Aspen e os Galegos de Ourense Uppercut -, o Sinfonias de Aço conversou com o baixista Miguel Ramos.

Quem se lembra do célebre 1º volume da colectânea em vinil "À Sombra de Deus", editada pela Câmara Municipal de Braga em 1988, lembra-se certamente dos Gnomos, uma das bandas presentes nesse trabalho. Pois muito bem, 25 anos depois eles voltaram, aos discos e aos concertos. Primeiro aos discos, como EP "Vint'e Cinco" e depois aos concertos.

Os Peixe:Avião voltaram a Barcelos para mais um concerto e, no final, o Sinfonias de Aço voltou a falar com a banda de Braga, desta feita com o José Figueiredo e o Luis Fernandes.
Foi no Círculo Católico de Operários de Barcelos (CCOB) e o concerto serviu de apresentação do 3º álbum, o homónimo "Peixe:Avião".

"Pesar o Sol" é o 2º álbum dos Capitão Fausto e acaba de ser posto a circular. Mas, ainda antes disso, em finais do ano passado, a banda lisboeta andou um pouco por todo o país, numa digressão por pequenos espaços. Uma das datas foi no Kastrus River Klub, em Esposende. No final do concerto, já os morcegos estavam a voltar aos seus aposentos e o Sinfonias de Aço falou com a jovem banda, naquela que é uma espécie de sala de imprensa do bar de Esposende - ou seja, rodeados de garrafas e arcas frigorificas.

Os Memória de Peixe são uma dupla da cidade das Caldas da Rainha, uma das localidades mais criativas das últimas décadas na música independente nacional. Aproveitando a passagem da banda pela cidade de Barcelos para um concerto na segunda noite do Cellos Rock, a 12 de Outubro, o Sinfonias de Aço aproveitou para conversar com os dois músicos, momentos antes dos concertos.

Os Ermo são uma dupla de Braga formada pelo António Costa e Bernardo Barbosa e na sexta-feira, dia 13 de dezembro, apresentaram na sua cidade o álbum de estreia intitulado "Vem Por Aqui". O concerto foi no centro de Braga, na TOCA, com sala cheia e público atento, num ambiente a contrastar com a noite fria.

Os lisboetas Riding Pânico estiveram no mais recente Cellos Rock, sendo os cabeça de cartaz da primeira noite. E não deixa de não ser verdade que eles já conhecem bem esta zona. Para além de serem fregueses habituais das edições do Milhões de Festa, nos últimos meses eles estiveram aqui no Baixo Minho por quatro vezes.

Parcerias

 
A Trompa NAAM  

Parcerias Software Livre Audio

 
Rivendell - Radio Automation Mixxx - Free DJ Mixing Software Paravel Systems Tryphon