Edições

Último Podcast (23 Set 2017)

Clica para ouvir

Entrevista com Grog

Grog

Entrevista com Galo Cant'às Duas

Galo Cant'às Duas

Entrevista com =Mocho=

Mocho

Entrevista com Stone Dead

Stone Dead

Emissão em Direto (Sádado 12-15)

Clica para ouvir

O novo álbum dos Loafing Heroes, "The Baron in the Trees", foi lançado no dia 6 de Maio no Musicbox, em Lisboa – o melhor e mais elaborado conjunto de canções da banda até hoje, produzido por Tadklimp. A banda, cosmopolita e vagabunda, continua a fundir a música folk com a poesia, world music e pop, interligando violinos, contrabaixo, piano, baixo clarinete e trompete, entre outros instrumentos.

O álbum começa com o single "O Outro Lado": depois de "Crossing the Threshold" (2014), estamos agora no reverso das coisas: num espaço de sonho e de cores, numa viagem ao desconhecido: a banda atingiu a maturidade na forma e no som, acompanhada das inspiradoras letras de Bartholomew Ryan. Na segunda faixa, "Gypsy Waltz", Giulia Gallina estreia-se como voz principal, transportando no seu extraordinário timbre uma história de bruxas numa noite de Outono. A terceira faixa, "Collapsing Star", persiste no tema do caos e do cosmos, uma espécie de clássico pop a velocidade mais lenta; enquanto a sedutora faixa "Crossing Roads" celebra as transformações e inspiração das amizades complexas. A quinta faixa, "Nightsongs", é uma canção profundamente romântica sobre um amor ferido, embebida na tradição irlandesa-americana da música folk, enriquecida pelo contrabaixo de João Tordo. O primeiro lado do álbum termina com "Loyal to Your Killer", uma imagem inesperada e janela para o lado destrutivo do amor, acompanhada do belíssimo violino de Judith Retzlik.
O segundo lado abre com "Gates of Gloom", impulsionado pelo baixo, guitarra eléctrica e trompete, na faixa mais “dançável” do álbum; e "Rag & Bone" possui o mesmo frenesim, com o baixo clarinete de Jaime McGill fundindo todos os outros instrumentos na canção, a letra buscando inspiração ao poeta irlandês Yeats. A nona faixa, "Caitlin Maude", novamente com Giulia Gallina na voz, é uma ode despida e jazzy à arrojada poeta de Connemara que escrevia em gaélico. Soul é quase uma canção de embalar, que fala do reciclar de todas as coisas e do vazio que nos cerca. Já perto do final, o pungente e desolado "God’s Spies", que devolve a banda às suas raízes folk ao relembrarmos um amigo que já partiu e que em tempos fez parte da banda. O álbum fecha num pico musical e lírico – com a enigmática e majestosa "Javali", uma canção que combina o yin e yang dos Loafing Heroes e o nosso tema eterno do despojamento e da renovação.

THE LOAFING HEROES
Um encontro de ideias musicais de vários países

The Loafing Heroes são uma banda com "casa" em Lisboa mas em constante evolução: um encontro internacional de ideias musicais de vários países liderado pelo vocalista e guitarrista Bartholomew Ryan (Irlanda), com Giulia Gallina (Itália) na voz e concertina, João Tordo (Portugal) no contrabaixo, Judith Retzlik (Alemanha) no violino, xilofone e trompete, Jaime McGill (Estados Unidos) no clarinete baixo, e João Abreu (Portugal) na percussão.
O novo disco, uma pérola intitulada "The Baron in the Trees", foi editado a 6 de Maio, depois de dois anos a trabalhar num conjunto de doze canções.
Os álbuns anteriores (Crossing the Threshold, Planets, Chula e Unterwegs) são um produto dos anos em Lisboa e Berlim. Os The Loafing Heroes têm um público muito fiel na Irlanda e em Portugal que segue os seus concertos, canções e poesia povoada de viagens com revolucionários, vagabundos e almas perdidas, tecida habilmente entre factos e ficções.
O primeiro concerto de apresentação foi no dia 6 de Maio no MusicBox, em Lisboa.

Discografia:
The Baron in the Trees (2016)
Crossing the Threshold (2014)
Planets (2011)
Chula (2010)
Unterwegs (2009)

© 2016 The Loafing Heroes
Todas as músicas escritas por Bartholomeu Ryan, excepto:
"Caitlyn Maude": música de Giulia Gallina: letra de Caitlin Maude / Ryan
"Gypsy Waltz": música de Jonathan Jarzyna e The Loafing Heroes
"Rag & Bone": música de Ryan, Jarzyna e Jamie McGill
"Javali": música de The Loafing Heroes
"Crossing Roads": letra de Christabelle Peters
"Collapsing Star": escrita por Michael Hall

Convidado especial: Francis Lenegan na guitarra eléctrica em "Gates of Gloom"

Produzido por The Loafing Heroes e Tadklimp
Gravação, mistura e arranjos por Tadklimp no Volpe Studio em Lisboa e Berlim
Masterizado por Tasos Karadedos no Stereotype, Thessoloniki, 2016
Pintura da capa: Sara Maia
Design: Joana Tordo
Desenho da banda: Lena Ryan Muzellec
Todas as fotos de Will O'Reille, excepto foto da Giulia e João Abreu por Sebastian Urzendowsky
Foto de João Tordo por Victorino Coragem
Foto de Otto por António Nogueira
Foto da da árvore com neve por Bartholomew Ryan

Bartholomew Ryan: voz e guitarras
Giulia Gallina: voz, concertina, piano e glockenspiel
João Tordo: contrabaixo, baixo, guitarra em "Javali"
Judith Retzlik: violino, trompete, voz, nylon guitar em "Soul"
Jaime McGill: clarinete baixo, efeitos, voz e glockenspiel
João Abreu: percussão
Otto Pereira: violino em "O Outro Lado" e "Nightsongs"

www.theloafingheroes.com

www.facebook.com/TheLoafingHeroes


1. O Outro Lado (4:47)
2. Gypsy Waltz (3:26)
3. Collapsing Star (3:41)
4. Crossing Roads (3:43)
5. Nightsongs (3:30)
6. Loyal To Your Killer (3:36)
7. Gates of Gloom (3:43)
8. Rag & Bone (4:03)
9. Caitlin Maude (2:25)
10. Soul (2:57)
11. God's Spies (5:05)
12. Javali (8:27)

 

 

 

 

 

Share

Parcerias

 
A Trompa NAAM  

Parcerias Software Livre Audio

 
Rivendell - Radio Automation Mixxx - Free DJ Mixing Software Paravel Systems Tryphon