Edições

Último Podcast (14 Out 2017)

Clica para ouvir

Entrevista com Grog

Grog

Entrevista com Galo Cant'às Duas

Galo Cant'às Duas

Entrevista com =Mocho=

Mocho

Entrevista com Stone Dead

Stone Dead

Emissão em Direto (Sádado 12-15)

Clica para ouvir

A banda, oriunda de Lisboa, surgiu devido à necessidade de agredir verbalmente (com mais ou menos ternura, conforme o caso) certos sectores da nossa sociedade que precisam de um abanão valente.
E sob a forma de música é mais agradável.

Cronologia:

Foi no dia 7 de julho de 2010 que a banda ensaiou pela primeira vez com a formação inicial: o Cajó na voz, o Kaveirinha na guitarra e voz, o Nuno Machado no baixo e o Sardini na bateria.
Foi com esta formação que foi gravada uma primeira maquete com 5 músicas.
17 de Junho de 2011 é a data da primeira apresentação ao vivo, no 5º Festival República da Música em Alvalade, Lisboa.
Em Novembro de 2011, o Alex DeLarge (Conto do Vigário) entrou para a bateria.
A 4 de Novembro, a banda fez o primeiro concerto com o Alex na bateria, no Side B.
Em Abril de 2012 a banda gravou o Single "Queres é aparecer/Matrakilho".
Durante o ano de 2013 decorreram as gravações do primeiro disco de originais, "Chapa Zero", com produção de Vítor Rua e engenharia de som de António Duarte. As vocalizações do disco são feitas pelo Kaveirinha e Machado. O disco conta com as participações de João Pedro Almendra (Peste & Sida, Punk Sinatra) e do trompetista Nuno Reis.
Em Outubro de 2013 juntou-se o guitarrista Marco Antonio (ex-Uncle Albert).
3 de Novembro de 2013 é a data do primeiro concerto com o novo formato- com os Porta Voz, no Rock Legends em Almada.
Ainda nesse ano, a banda participou no concerto de homenagem ao Rui Rocker, em Linda-a-Velha.
O álbum de estreia é editado pela Ethereal Sound Works no dia 2 de Março de 2014; "Chapa Zero", é acompanhado por dois videoclips, "Queres é Aparecer" e "Dizem Por Aí".
A apresentação do álbum decorreu no bar Popular de Alvalade, com os convidados Gatos Pingados, Horas Vagas e DJ Billy.
A banda celebrou o seu 3º aniversário no dia 20 de Junho, no bar Fantasma (Lisboa), num concerto com os S.I.S.tema e KSF.
A 24 de Outubro a banda participou na festa de apresentação do álbum "Obrigação Alucinação" dos Porta Voz, num concerto na CEO.
Em Fevereiro de 2015, o Alex deixou a banda, tendo sido substituído pelo Nuno Amaro.
O Machado decidiu sair da banda em Julho, tendo feito o seu último concerto no 4º aniversário com os FPM e Osso Ruído que decorreu no Popular. Os Chapa Zero também participaram no Punknic na Moita, com Atentado, Gazua e Trinta e Um, num evento que decorreu no dia 4 de Julho. No baixo esteve o Cláudio Neves (Dansa Macabra).
Em Outubro, entrou o Filipe Rodrigues para as 4 cordas.

A banda terminou recentemente as gravações do seu segundo disco, com o produtor Emanuel Ramalho (Peste & Sida) nos estúdios "Aqui Há Gato" em Lisboa.

Os Chapa Zero são:
Kaveirinha: voz e guitarra ritmo
Marco António: guitarras e coros
Nuno Amaro: bateria e coros
Filipe Rodrigues: baixo e coros

https://amocadafoca.wixsite.com/amocadafoca
https://www.facebook.com/chapazero

©2017 A Moca da Foca (AMDF170)
Gravado, produzido, misturado e masterizado por Emanuel Ramalho entre Novembro de 2015 e Maio de 2016 nos estúdios Aqui Há Gato
Participação especial de Emanuel Farreira (pandeirea,  ferrinhos, palmas)
Participação especial nos coros em "Tens a Mania" dos chapinhas, Tiago, Diogo e Miguel
Letra: Kaveirinha; Música: Kaveirinha, Marco António, Filipe Rodrigues, Nuno Amaro
Fotos e capa: Ana Ramalho

1. Zé Faísca (2:23)
2. Chapa Gasta (2:21)
3. Tens a Mania (2:26)
4. Nuku da Europa (2:14)
5. Vão Mazé Trabalhar(3:33)
6. Zumba na Caneca (2:19)
7. O Fim da Noite (2:48)
8. Deixós Falar (2:54)
9. Fia-te Na Virgem e Não Corras (4:11
10. Bat'Chapa (2:58)

 

 

 

 

 

Share

Parcerias

 
A Trompa NAAM  

Parcerias Software Livre Audio

 
Rivendell - Radio Automation Mixxx - Free DJ Mixing Software Paravel Systems Tryphon