Edições

Último Podcast (23 Set 2017)

Clica para ouvir

Entrevista com Grog

Grog

Entrevista com Galo Cant'às Duas

Galo Cant'às Duas

Entrevista com =Mocho=

Mocho

Entrevista com Stone Dead

Stone Dead

Emissão em Direto (Sádado 12-15)

Clica para ouvir

Edições

Depois do EP "Trégua", Cavalheiro renova a tripulação e volta a fazer-se ao mar.
A placidez do registo anterior dá agora lugar a um rock directo, pujante e incisivo, executado com um foco e segurança ainda sem precedentes no percurso do músico.
O maior cuidado na construção, arranjo e produção dos temas, sem sacrificar o tom urgente e espontâneo do disco, revela a mão calejada de quem há muito deixou a água doce.

Numa cabana voadora do Alentejo a Nashville.
Após muitos anos a cantar separadamente em português e inglês, escondido atrás de pseudónimos como Oceansea e Landfill, Daniel Catarino assume-se agora como cantautor bilingue, ao mesmo tempo que embarca numa tour pela Alemanha para apresentar "Songs From The Shed", o primeiro disco de longa duração em nome próprio.

No campismo de Paredes de Coura dois amigos decidem que vão fazer uma banda. Ela faz sapateado, ele toca bateria. Não fazia grande sentido e faltava ali qualquer coisa. Convidam um terceiro que canta e toca guitarra e teclas. Estão três que foi a conta que deus fez.
A ideia inicial era fazer uma banda que fizesse canções sem preocupação de estilos. Até podia haver kuduro progressivo ou metal com ferrinhos, se soasse bem.

"DEBRIS" é o segundo álbum de originais dos Waste Disposal Machine, banda que se divide entre Torres Novas e Tomar, e marca publicamente o início de um novo ciclo na vida da banda, agora em formato trio. Depois da edição do bem  acolhido álbum de estreia ("INTERFERENCE"), de um álbum de remisturas ("RECYCLED") e de dois anos intensos em termos de concertos, os Waste Disposal Machine iniciaram em 2011 a preparação do segundo álbum de originais,"DEBRIS".

O álbum de estreia dos Bombs and Bullets, “The Real Medication”, foi editado no passado dia 26 de junho de 2015. Deste trabalho, “The Impossible Dream” é o single de apresentação. Com o selo da Music In My Soul, o álbum marca o início de uma jornada que os músicos pretendem que seja longa e enriquecedora.

Telephony é um projecto instrumental ambient e post-rock da autoria do barcelense Tiago Araújo, um ex-elemento dos Okkur e membro efectivo dos Aurora. "Mayday", o álbum de estreia, é uma edição de autor para 2015, concretizada na sequência de uma campanha de crowdfunding. Os nomes das faixas são inspirados no alfabeto fonético da NATO e estão por ordem alfabética.

O que acontece quando um pianista clássico, que gosta de jazz e de música improvisada (Paulo Mesquita) se junta a um baterista proveniente da pop, mas com um especial interesse pelo experimentalismo electroacústico (Pedro Oliveira)? Acontece o que ouvimos neste tão surpreendente quanto cativante disco de estreia do duo OZO.

Este primeiro registo dos leirienses Bússola, composto por cinco temas, apresenta um mapa de amores e dissabores passados onde o registo intimista marca o norte desta Bússola.Num universo folk, com alma de voz e na guitarra acústica e corpo feito com arranjos de acordeão, contrabaixo, bateria e guitarra eléctrica, os Bússola estreiam-se no outono com músicas que parecem cruzar o verão com o inverno.

Waterland é uma banda barcelense de power/melodic/symphonic metal que surgiu em 2007 enquanto projecto do guitarrista Miguel Gomes, membro dos entretanto extintos Oratory.
Inicialmente, a banda teve a colaboração dos cantores Marco Alves (ex-Oratory) e Bruno Gomes. O primeiro trabalho é um promo CD conceptual, homónimo, que inclui 15 temas de heavy metal, sendo cada um uma das partes da história de Waterland.

Depois das colectâneas em 2005 e 2008, a "Colectânea Braga 2015" é a terceira etapa desta saga promovida pelo Armando Caldas e a Arte in Web, que reúne em CD ou de forma virtual, 16 artistas, bandas ou projectos, oriundos do distrito de Braga.

"The Trains That Lead to Antwerp" é o trabalho de estreia de Milele And The Matress, projecto dividido entre Barcelos (Portugal) e Antuérpia (Bélgica) e formados por Mário, Michele, 'Kung Fu' James, Christophe e Cedric 'Python'. Este trabalho foi gravado em Agosto de 2014 no entretanto extinto estúdio Oops, em Barcelos e contou ainda com a participação de Filipe Miranda que deu voz a "Potato Tangerine".

Parcerias

 
A Trompa NAAM  

Parcerias Software Livre Audio

 
Rivendell - Radio Automation Mixxx - Free DJ Mixing Software Paravel Systems Tryphon