Edições

Último Podcast (20 Maio 2017)

Clica para ouvir

Entrevista com Daniel Catarino

Daniel Catarino

A Scene Called Barcelos

A Scene Called Barcelos

Entrevista: The Twist Connection

The Twist Connection

Entrevista com Bed Legs

Bed Legs

Emissão em Direto (Sádado 12-15)

Clica para ouvir

Edições

Depois das colectâneas em 2005 e 2008, a "Colectânea Braga 2015" é a terceira etapa desta saga promovida pelo Armando Caldas e a Arte in Web, que reúne em CD ou de forma virtual, 16 artistas, bandas ou projectos, oriundos do distrito de Braga.

No campismo de Paredes de Coura dois amigos decidem que vão fazer uma banda. Ela faz sapateado, ele toca bateria. Não fazia grande sentido e faltava ali qualquer coisa. Convidam um terceiro que canta e toca guitarra e teclas. Estão três que foi a conta que deus fez.
A ideia inicial era fazer uma banda que fizesse canções sem preocupação de estilos. Até podia haver kuduro progressivo ou metal com ferrinhos, se soasse bem.

Canções simples e despretenciosas, embaladas pela lap steel guitar, que assumem um legado folk e uma escola indie.
Apesar de já terem pensado muitas vezes em fazer algo juntos, o desafio de criarem um tema para a compilação Leiria Calling foi decisivo para que tenham começado a passar finais de tarde juntos em casa a comporem e a gravarem o que iam fazendo.

O álbum de estreia dos Bombs and Bullets, “The Real Medication”, foi editado no passado dia 26 de junho de 2015. Deste trabalho, “The Impossible Dream” é o single de apresentação. Com o selo da Music In My Soul, o álbum marca o início de uma jornada que os músicos pretendem que seja longa e enriquecedora.

Gonçalo Carvalheiro (baixo), Hélder Antunes (bateria), John Silva (voz), Miguel Martins (guitarra) e Nelson Matias (guitarra) cruzaram os seus caminhos em meados de Setembro de 2012. Donos de um processo criativo relativamente fugaz, fizeram a sua estreia em palco no Salão Brazil, no dia 6 de Junho de 2013.
Prezando o distanciamento a rótulos e a ideias pré-concebidas, o grupo tem apostado fortemente nas suas prestações ao vivo, procurando dessa forma a criação de uma sonoridade própria e autêntica.

O que acontece quando um pianista clássico, que gosta de jazz e de música improvisada (Paulo Mesquita) se junta a um baterista proveniente da pop, mas com um especial interesse pelo experimentalismo electroacústico (Pedro Oliveira)? Acontece o que ouvimos neste tão surpreendente quanto cativante disco de estreia do duo OZO.

Auto Rádio” é um disco feito para que todas as pessoas consigam compreender. Pessoas que não precisem de ser ensinadas numa outra língua porque lhes basta uma, a que falam todos os dias. Acima de tudo, é um disco em busca da identidade que parecia adormecida mais a norte da Europa, à procura das histórias que não existem em mais parte nenhuma do mundo.

Waterland é uma banda barcelense de power/melodic/symphonic metal que surgiu em 2007 enquanto projecto do guitarrista Miguel Gomes, membro dos entretanto extintos Oratory.
Inicialmente, a banda teve a colaboração dos cantores Marco Alves (ex-Oratory) e Bruno Gomes. O primeiro trabalho é um promo CD conceptual, homónimo, que inclui 15 temas de heavy metal, sendo cada um uma das partes da história de Waterland.

Dia 20 de Julho marcou o lançamento do novo álbum dos Country Playground, "Turdus Merula", um disco composto por 7 temas originais. Uma edição de autor feita em tempo record, entre Maio e Agosto de 2014. Desde então, tem estado na gaveta à espera de quem o editasse, ou para ser lançado apenas em formato digital pela banda.
De disco na mão e à procura da melhor forma de o fazer chegar ao público, Rodrigo Cavalheiro e Fernando Silva chegaram até à Preguiça Magazine que decidiu editar o álbum.

"The Trains That Lead to Antwerp" é o trabalho de estreia de Milele And The Matress, projecto dividido entre Barcelos (Portugal) e Antuérpia (Bélgica) e formados por Mário, Michele, 'Kung Fu' James, Christophe e Cedric 'Python'. Este trabalho foi gravado em Agosto de 2014 no entretanto extinto estúdio Oops, em Barcelos e contou ainda com a participação de Filipe Miranda que deu voz a "Potato Tangerine".

Os Queens N´Aces nasceram em Barcelos, cidade já conhecida pela sua veia de rock, em Janeiro de 2013, quando dois amigos numa conversa de Facebook, procuravam elementos para criar uma banda. Esses dois amigos juntam-se e convidam mais elementos ficando o alinhamento com cinco elementos, todos eles com influências variadas desde o Blues ao Black Metal.

Parcerias

 
A Trompa NAAM  

Parcerias Software Livre Audio

 
Rivendell - Radio Automation Mixxx - Free DJ Mixing Software Paravel Systems Tryphon