Edições

Último Podcast (15 Julho 2017)

Clica para ouvir

Entrevista com Daniel Catarino

Daniel Catarino

A Scene Called Barcelos

A Scene Called Barcelos

Entrevista: The Twist Connection

The Twist Connection

Entrevista com Bed Legs

Bed Legs

Emissão em Direto (Sádado 12-15)

Clica para ouvir

Edições

Telephony é um projecto instrumental ambient e post-rock da autoria do barcelense Tiago Araújo, um ex-elemento dos Okkur e membro efectivo dos Aurora. "Mayday", o álbum de estreia, é uma edição de autor para 2015, concretizada na sequência de uma campanha de crowdfunding. Os nomes das faixas são inspirados no alfabeto fonético da NATO e estão por ordem alfabética.

Este primeiro registo dos leirienses Bússola, composto por cinco temas, apresenta um mapa de amores e dissabores passados onde o registo intimista marca o norte desta Bússola.Num universo folk, com alma de voz e na guitarra acústica e corpo feito com arranjos de acordeão, contrabaixo, bateria e guitarra eléctrica, os Bússola estreiam-se no outono com músicas que parecem cruzar o verão com o inverno.

Waterland é uma banda barcelense de power/melodic/symphonic metal que surgiu em 2007 enquanto projecto do guitarrista Miguel Gomes, membro dos entretanto extintos Oratory.
Inicialmente, a banda teve a colaboração dos cantores Marco Alves (ex-Oratory) e Bruno Gomes. O primeiro trabalho é um promo CD conceptual, homónimo, que inclui 15 temas de heavy metal, sendo cada um uma das partes da história de Waterland.

Depois das colectâneas em 2005 e 2008, a "Colectânea Braga 2015" é a terceira etapa desta saga promovida pelo Armando Caldas e a Arte in Web, que reúne em CD ou de forma virtual, 16 artistas, bandas ou projectos, oriundos do distrito de Braga.

"The Trains That Lead to Antwerp" é o trabalho de estreia de Milele And The Matress, projecto dividido entre Barcelos (Portugal) e Antuérpia (Bélgica) e formados por Mário, Michele, 'Kung Fu' James, Christophe e Cedric 'Python'. Este trabalho foi gravado em Agosto de 2014 no entretanto extinto estúdio Oops, em Barcelos e contou ainda com a participação de Filipe Miranda que deu voz a "Potato Tangerine".

No campismo de Paredes de Coura dois amigos decidem que vão fazer uma banda. Ela faz sapateado, ele toca bateria. Não fazia grande sentido e faltava ali qualquer coisa. Convidam um terceiro que canta e toca guitarra e teclas. Estão três que foi a conta que deus fez.
A ideia inicial era fazer uma banda que fizesse canções sem preocupação de estilos. Até podia haver kuduro progressivo ou metal com ferrinhos, se soasse bem.

Canções simples e despretenciosas, embaladas pela lap steel guitar, que assumem um legado folk e uma escola indie.
Apesar de já terem pensado muitas vezes em fazer algo juntos, o desafio de criarem um tema para a compilação Leiria Calling foi decisivo para que tenham começado a passar finais de tarde juntos em casa a comporem e a gravarem o que iam fazendo.

O álbum de estreia dos Bombs and Bullets, “The Real Medication”, foi editado no passado dia 26 de junho de 2015. Deste trabalho, “The Impossible Dream” é o single de apresentação. Com o selo da Music In My Soul, o álbum marca o início de uma jornada que os músicos pretendem que seja longa e enriquecedora.

Gonçalo Carvalheiro (baixo), Hélder Antunes (bateria), John Silva (voz), Miguel Martins (guitarra) e Nelson Matias (guitarra) cruzaram os seus caminhos em meados de Setembro de 2012. Donos de um processo criativo relativamente fugaz, fizeram a sua estreia em palco no Salão Brazil, no dia 6 de Junho de 2013.
Prezando o distanciamento a rótulos e a ideias pré-concebidas, o grupo tem apostado fortemente nas suas prestações ao vivo, procurando dessa forma a criação de uma sonoridade própria e autêntica.

O que acontece quando um pianista clássico, que gosta de jazz e de música improvisada (Paulo Mesquita) se junta a um baterista proveniente da pop, mas com um especial interesse pelo experimentalismo electroacústico (Pedro Oliveira)? Acontece o que ouvimos neste tão surpreendente quanto cativante disco de estreia do duo OZO.

Auto Rádio” é um disco feito para que todas as pessoas consigam compreender. Pessoas que não precisem de ser ensinadas numa outra língua porque lhes basta uma, a que falam todos os dias. Acima de tudo, é um disco em busca da identidade que parecia adormecida mais a norte da Europa, à procura das histórias que não existem em mais parte nenhuma do mundo.

Parcerias

 
A Trompa NAAM  

Parcerias Software Livre Audio

 
Rivendell - Radio Automation Mixxx - Free DJ Mixing Software Paravel Systems Tryphon