Edições

Último Podcast (23 Set 2017)

Clica para ouvir

Entrevista com Grog

Grog

Entrevista com Galo Cant'às Duas

Galo Cant'às Duas

Entrevista com =Mocho=

Mocho

Entrevista com Stone Dead

Stone Dead

Emissão em Direto (Sádado 12-15)

Clica para ouvir

Edições

Canções simples e despretenciosas, embaladas pela lap steel guitar, que assumem um legado folk e uma escola indie.
Apesar de já terem pensado muitas vezes em fazer algo juntos, o desafio de criarem um tema para a compilação Leiria Calling foi decisivo para que tenham começado a passar finais de tarde juntos em casa a comporem e a gravarem o que iam fazendo.

Gonçalo Carvalheiro (baixo), Hélder Antunes (bateria), John Silva (voz), Miguel Martins (guitarra) e Nelson Matias (guitarra) cruzaram os seus caminhos em meados de Setembro de 2012. Donos de um processo criativo relativamente fugaz, fizeram a sua estreia em palco no Salão Brazil, no dia 6 de Junho de 2013.
Prezando o distanciamento a rótulos e a ideias pré-concebidas, o grupo tem apostado fortemente nas suas prestações ao vivo, procurando dessa forma a criação de uma sonoridade própria e autêntica.

André Barros estudava Direito e, no último ano começou, de forma autodidacta, a tocar piano. Depois de acabar o curso, resolveu apostar num novo rumo de ensino, a produção musical que o levou a rumar à Islândia para trabalhar alguns meses no Sundlaugin Studio (o tal estúdio que os Sigur Rós construÍram nas instalações de uma antiga piscina). Foi lá que privou com nomes como Olafur Arnalds e elementos de Múm, Amiina e Of Monsters & Men e o seu disco de estreia "Circustances" foi mesmo lá finalizado (mistura e masterização).

Auto Rádio” é um disco feito para que todas as pessoas consigam compreender. Pessoas que não precisem de ser ensinadas numa outra língua porque lhes basta uma, a que falam todos os dias. Acima de tudo, é um disco em busca da identidade que parecia adormecida mais a norte da Europa, à procura das histórias que não existem em mais parte nenhuma do mundo.

Pedro Cardoso (Peixe) nasceu a 12 de Fevereiro de 1974 na cidade do Porto. Estudou Guitarra clássica no Conservatório de Música do Porto, guitarra Jazz na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE) e pintura na Faculdade de Belas Artes do Porto (FBAUP). Foi guitarrista da banda Ornatos Violeta, hoje considerada uma das mais importantes bandas portuguesas de sempre e que marcou de forma incontornável, a chamada “música moderna portuguesa”. Com os Ornatos editou os álbuns Cão! (1997) e O Monstro Precisa de Amigos (1999).

Dia 20 de Julho marcou o lançamento do novo álbum dos Country Playground, "Turdus Merula", um disco composto por 7 temas originais. Uma edição de autor feita em tempo record, entre Maio e Agosto de 2014. Desde então, tem estado na gaveta à espera de quem o editasse, ou para ser lançado apenas em formato digital pela banda.
De disco na mão e à procura da melhor forma de o fazer chegar ao público, Rodrigo Cavalheiro e Fernando Silva chegaram até à Preguiça Magazine que decidiu editar o álbum.

Afonso Pais é guitarrista e compositor. Nascido em Lisboa em 1979, desenvolve desde o início do milénio um trabalho de composição exploratório das vertentes e possibilidades da música improvisada e escrita. Como instrumentista, tem-se expressado essencialmente através da guitarra, mas também do piano e do contrabaixo, estando quatro trabalhos discográficos em seu nome presentemente disponíveis no mercado: Terranova (Clean Feed, 2004), Subsequências, com Edu Lobo (ENJA, 2008), Fluxorama (JACC Records 2010), com Albert Sanz e Onde Mora o Mundo (Orfeu, 2011), em co-autoria com JP Simões.

Os Queens N´Aces nasceram em Barcelos, cidade já conhecida pela sua veia de rock, em Janeiro de 2013, quando dois amigos numa conversa de Facebook, procuravam elementos para criar uma banda. Esses dois amigos juntam-se e convidam mais elementos ficando o alinhamento com cinco elementos, todos eles com influências variadas desde o Blues ao Black Metal.

Os Tape Junk surgiram em 2012 no seio da família Pataca: uma derivação directa e natural dos Julie & The Carjackers - banda formada em 2009 por João Correia e Bruno Pernadas e cujo primeiro album “Parasol” seria editado pela Pataca Discos. Estes suspenderam temporariamente a sua actividade, enquanto João Correia fundou os Tape Junk e Bruno Pernadas dedicou-se ao seu trabalho de estreia a solo “How Can We Be Joyful in a World Full Of Knowledge”, editado na Pataca Discos em 2014.

Os Analepsy são uma banda de slamming brutal death formada em finais de 2013 pelo vocalista Ricardo Proença (ex-Formaldehyde) e pelo guitarrista Marco Martins (Brutal Brain Damage). Mais tarde, juntaram-se o baixista Flávio Pereira e o baterista Nélson Domingues. Após algumas demos e ensaios, a banda então formada decide procurar um novo baterista, alguém que se encaixasse melhor na estética e no som da banda.

"The Beast of Boliqueime" é um EP em vinil de 7 polegadas dos lisboetas The Dirty Coal Train e editado a 7 de outubro de 2014 pela Zip-A-Dee-Doo-Dah Discos (ZIP001). É muito menino para agradar aos fãs de SurfRock & RollPunk e Garage Rock.

Parcerias

 
A Trompa NAAM  

Parcerias Software Livre Audio

 
Rivendell - Radio Automation Mixxx - Free DJ Mixing Software Paravel Systems Tryphon