Directório

Último Podcast (14 Out 2017)

Clica para ouvir

Entrevista com Grog

Grog

Entrevista com Galo Cant'às Duas

Galo Cant'às Duas

Entrevista com =Mocho=

Mocho

Entrevista com Stone Dead

Stone Dead

Emissão em Direto (Sádado 12-15)

Clica para ouvir

BIOGRAFIA

O grupo Bananas foi formado em 1981. Inicialmente queriam ser uma banda de ska.

Em 1982 concorrem ao Festival Só-Rock (Rock em Stock/7Up) que ganharam mas acabaram por recusar gravar o disco a que tinham direito. Jorge Romão vai tocar para os GNR.

BananasEm 1983 o grupo assina com a EMI e editam um single, produzido por Moz Carrapa, com os temas "Identidade" e "Virgens-Impulsos". A formação que gravou este disco incluía João Loureiro (voz e teclas), João Ferraz (guitarra, Paulo Faro (bateria) e Chico Monteiro (baixo).

O grupo encurta o nome para Ban e editam o mini-LP "Alma Dorida": quatro temas originais num disco sem teclas, só com guitarra, voz, baixo e bateria. Destacam-se o tema-título e "Pantomina".

Em 1985 dão vários concertos em Espanha mas estão parados alguns meses. Em Dezembro desse ano reaparecem na 3ª edição do Ciclo Novo Rock ao Vivo onde contaram com a prestação de Zezé Garcia (Urb)  e de Emanuel Ramalho, este em substituição de Paulo Artur Faro.

Em Outubro de 1986 é lançado o máxi "Santa"(2), produzido por Ricardo Camacho e considerado por João Loureiro a primeira tentativa "pop" dos Ban. O disco incluía os temas "Santa", "Portugal" e "Ultramar". 

O grupo opta por um som ainda mais pop e entra para o grupo a cantora Ana Deus (3). Em Abril de 1988 é editado o álbum "Surrealizar". Os maiores sucessos deste disco são "Irreal Social", "Encontro com Mr. Hyde" e "Num Filme Pop". É lançado um máxi-single com remixes de "Irreal social" e "Brouhaha".

Em Julho de 1989 é lançado o álbum "Música Concreta" que inclui os temas "Excesso Aqui", "Euforia" e "Dias Atlânticos", entre outros. Para o grupo tinham entrado os músicos Rui Fernandes (saxofone) (4) e Ricardo Serrano (teclas).

No início de 1991 é editado o disco "Mundo de Aventuras" que inclui temas como "Mal de sol" e "Displiciente" (ambos com a voz de Ana Deus), "Rosa, Flor", "Segredo" ou "Pá-rá- rá". O arranjo do tema "Mundo de Aventuras" foi feito com bocadinhos de todas as outras músicas. "Pequeno Amor" aparece apenas na edição em CD.

O Máxi-Single "Mundo de Aventuras" incluía duas versões do tema ("Mundo Remix" e "Extended Mix") e "Pequeno Amor".

Em Fevereiro de 1992 é lançada a compilação "Documento 83-86" que inclui os temas doBan início da carreira do grupo.

Por motivos diversos -  uns elementos tinham outras opções de vida e devido a algum cansaço - os Ban dão por encerradas as suas actividades.

Em 1994 é lançada uma colectânea com os maiores sucessos do grupo: "Num Filme Sempre Pop". A primeira edição incluía um Cd-bónus com as versões máxi-single.

Nesta ocasião o grupo ainda faz uma digressão final, com Emília no lugar de Ana Deus, mas que serviu apenas para colocar uma pedra final no agrupamento.

(1) No primeiro espectáculo que deram até usaram uma vestimenta tipo safari.

(2) Naquele ano foi considerado o melhor máxi-single de produção nacional pelo programa de rádio "Som da Frente".

(3) Ana Deus chegou a fazer audições para os Madredeus mas entretanto foi viver para o Porto . 

(4) Rui Fernandes, ainda com 16 anos,  participou nas gravações do disco "Surrealizar".

COMENTÁRIOS

«(acabamos) por motivos diversos. Uns elementos tinham outras opções de vida e, talvez, algum cansaço. Depois de os "Ban" terem acabado, lancei o disco dos "Zero". Entretanto saiu uma colectânea dos "Ban" e fizemos ainda uma digressão final que serviu para colocar uma pedra final no agrupamento. Por outro lado, na música, como em tudo na vida, é necessário saber parar. Eu prefiro que os "Ban" sejam vistos, e o próprios "Zero", como marcos fundamentais na música moderna portuguesa e serem relembrado com saudade, do que se continuar a fazer coisas sem prazer, com resultados piores.» JL

DISCOGRAFIA

Identidade/Virgens-Impulsos (Single, EMI, 1983)
Alma Dorida (Mini-LP, EMI, 1984)
Santa (Máxi, EMI, 1986)
Surrealizar (LP, EMI, 1988)
Irreal Social (Remix) (Máxi, EMI, 1988)
Encontro com Mr. Hyde/Era Uma Vez (Single, EMI, 1988)
Música Concreta (LP, EMI, 1989)
Mundo de Aventuras (LP, EMI, 1991)
Mundo de Aventuras (Remix) (Máxi, EMI, 1991)
Documento 83-86 (Compilação, EMI, 1992)
Num Filme Sempre Pop - O Melhor dos Ban (Compilação, EMI, 1994)

COMPILAÇÕES SE

Irreal Social - Colecção Caravela (Compilação, EMI, 1999)

Fizemos desde canções suaves e agradáveis até música de dança, até ao limite com coisas bastante agressivas" como Euforia e Ritualizar" JL

NO RASTO DE...

João Loureiro, João Ferraz e Rui Fernandes juntam-se a Alexandre Soares e formaram o projecto The Song Experience que depois mudaria de nome para Zero.

João Loureiro, depois dos Zero e do lançamento da compilação dos Ban, dedicou-se exclusivamente às actividades de advogado e empresário. Também foi presidente do Boavista Futebol Clube.

Ana Deus juntou-se a Regina Guimarães para formar os Três Tristes Tigres.

Emília lançou um disco a solo onde colaboraram João Ferraz e João Loureiro, abandonando depois a música em troca de uma profissão ligada à moda.

João Ferraz escreveu as músicas do álbum das Antilook (que teve letras de João Loureiro). Em 2001 formou os Magenta que lançaram um álbum pela Universal. 

Francisco Monteiro e Paulo Faro fizeram parte da primeira formação dos DR Sax.

Rui Fernandes fez parte dos DR Sax e Checkpoint Charlie. É professor de música.

Ricardo Serrano colabora com os Três Tristes Tigres. Tem também um projecto ao vivo de "música de Filmes" com Ana Deus.

Paulo Faro é escultor e designer.

Também colaboraram com os Bananas nomes como João Paz (mais tarde nos Terra Mar) e Jorge Romão (nos GNR).

Share

Parcerias

 
A Trompa NAAM  

Parcerias Software Livre Audio

 
Rivendell - Radio Automation Mixxx - Free DJ Mixing Software Paravel Systems Tryphon