Edições

Último Podcast (14 Out 2017)

Clica para ouvir

Entrevista com Grog

Grog

Entrevista com Galo Cant'às Duas

Galo Cant'às Duas

Entrevista com =Mocho=

Mocho

Entrevista com Stone Dead

Stone Dead

Emissão em Direto (Sádado 12-15)

Clica para ouvir

Teresa Salgueiro é, sem dúvida, uma figura artística ímpar no nosso País e, desde há quase três décadas, constitui uma imagem emblemática de Portugal no mundo. O seu percurso na música inicia-se em 1986 quando, com apenas 17 anos, é convidada para integrar a fundação do grupo Madredeus, gravando 9 discos de música original, criada especificamente para a sua voz. Entre 1987 e 2007, vinte anos de viagem e mais de cinco milhões de álbuns vendidos em todo o mundo tornaram-nos nos primeiros representantes internacionais da música feita em Portugal depois de Amália Rodrigues.

E Teresa Salgueiro, com a sua presença discreta e delicada e a sua voz extraordinária, foi a “figura de proa” dessa nau musical. Convites de nomes tão distintos como José Carreras, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Carlos Núnez, Angelo Branduardi ou Zbigniew Preisner reconheceram Teresa como uma das grandes cantoras contemporâneas. Teresa começava assim a esboçar os passos seguintes do seu percurso, aventurando-se com gravações e concertos em que colaborou com artistas distintos de diversas nacionalidades. Em 2011 retira-se para o Convento da Arrábida, onde grava o disco no qual assume a produção, bem como a direcção musical e a escrita da música e letras. Com O Mistério prossegue a sua ininterrupta viagem à volta do mundo, tocando nas mais importantes salas para plateias que acorrem com entusiasmo e curiosidade ao re-encontro com esta Voz que escutam com paixão há tantos anos. A qualidade da suas interpretações, bem como o rigor técnico dos espectáculos que idealiza, têm sido alvo de rasgados elogios, por parte, tanto da Crítica, como do grande Público. A viagem de O Mistério proporcionou ainda uma nova aventura que se traduziu na criação de arranjos originais para uma série de canções mexicanas e latino americanas, culminando com a edição exclusiva para o México do disco La Golondrina y El Horizonte e consequentes apresentações ao vivo, com estreia mundial no Festival Cervantino. O Horizonte, o seu novo álbum autoral, é a afirmação da sua faceta de compositora e letrista, expressa na criação e interpretação de um repertório original. Na digressão que de novo a levará aos mais prestigiados palcos de todo o mundo, onde, ao longo de quase três décadas, sempre foi recebida com um imenso carinho e apreço, Teresa Salgueiro apresenta-se com um novo espectáculo em que celebra a multiplicidade das suas facetas, trazendo-nos a interpretação de temas da sua autoria, de arranjos originais para canções portuguesas, não esquecendo a homenagem ao seu antigo grupo. Teresa Salgueiro, desenha-nos um roteiro por um elaborado, delicado e profundo tecido de emoções em que nos demonstra, sem sombra de dúvida, a sua reputação de criadora de ambientes mágicos de uma beleza indiscutível.

Teresa Salgueiro: voz
Rui Lobato: bateria, percussão e guitarra
Óscar Torres: contrabaixo
Marlon Valente: acordeão
Graciano Caldeira: guitarra

©2016 Teresa Salgueiro
Letras: Teresa Salgueiro
Música: Teresa Salgueiro, Rui Lobato, Óscar Torres, Marlon Valente e Graciano Caldeira
Produzido por Teresa Salgueiro e Rui Lobato
Gravado por Rui Lobato, em Lisboa, entre Julho e Agosto de 2016
Misturado e masterizado por António Pinheiro da Silva com Rui Lobato e Teresa Salgueiro
Foto da capa por Susana Prereira
Artwork por João Campos

www.teresasalgueiro.pt
www.facebook.com/teresa.salgueiro

1. Horizonte (3:36)
2. Desencontro (2:56)
3. A Cidade (3:52)
4. Instante (4:37)
5. A Esperança (3:21)
6. O Vento (3:13)
7. Êxodo (5:14)
8. A Luz (3:02)
9. Maresia (3:55)
10. Céu (3:36)
11. Liberdade (2:58)
12. Entardecer (4:52)

 

 

 

 

 

Share

Parcerias

 
A Trompa NAAM  

Parcerias Software Livre Audio

 
Rivendell - Radio Automation Mixxx - Free DJ Mixing Software Paravel Systems Tryphon